If music be the food of love, play on!

E assim começou, quatro meses e meio da minha gravidez, eu comprei aqueles extravagantes fones de “barriga” para começar a tocar música para o Luca que estava em útero. Música clássica, é claro. Não que as música moderna, que enchem as rádios, não têm seus méritos. […] LER MAIS